Monday, May 5, 2008

AUSTRALIA - O Baú - Parte I

Pois é Botex..... já parece que foi imenso tempo que aí estive contigo, depois de pressionares comigo mt tempo, falar maravilhas desse país, ondas paisagens pessoas etc. Vai fazer em Junho um ano que ficou tudo em pratos limpos e tomamos a decisão de ir aí para essas bandas, sentados na tasca do Zé a beber umas bejekas, amendoís e tremoço, conversa para aqui e para ali............e porque não ir já este ano (2007). Após debate de ideias e várias reformulações de planos o itenerário estava decidido..... a 24 de Novembro lá fomos rumo a Sydney. Após quase 30 Horas entre a saída de Lisboa, escala em Londres e Singapura Lá chegamos ao destino.

Foto: (J.A.) Algures sobre a Índia

Onde ficamos os dois primeiros dias, pois vale a pena visitar a cidade é linda, é uma cidade envolta por água com muitas baías portos e ancoradouros. Os pontos de referência como a Sydney-Opera House, como podem ver a cobertura não é branca, mas sim cinza nesta foto dá para ver.

Foto: (J.A.) Sydney Opera House

Ao fim desses 2 dias a 27 Nov. voei para Brisbane e os meus trip Mates ( Sandra a minha irmã e o Nuno o respectivo) foram até à Nova Zelândia por 6 dias ver as vistas.

Durante 7/8 dias o Botas fez de anfitrião, e fez visita guiada com direito a comentários ( ao melhor estilo de guia turístico), foi bastante bom rever o meu amigo Botex, embora me sentisse um pouco desterrado nos primeiros dias, o que não é para menos estava do outro lado do mundo mas os companheiros de casa meteram-me logo à vontade. Durante esse tempo fomos dar umas surfadas mas é pena não ter apanhado o Super Bank a funcionar como esperava, apanhei sim senhor.......... um Super Mini Bank.

Foto: (J.A.) Super Mini Bank

Como o pico não funcionava tivemos de nos contentar com os spots alternativos, the spit, Duranbah, pois o swell não permitia mais. Mas é claro que numa viagem destas ao outro lado do mundo tinha muitas mais coisas em mente do que apenas surf, pois a Austrália é um pais rico em recursos naturais, paisagens e no geral os locals, mas mais as locals são muito simpáticas e acolhedoras.
Vejam como eu não estou a mentir.............................................

Foto: (J.A.) Byron Bay-Local girl a mandar charme

Foto: (J.A.) Byron Bay - por estas não me importava de ser dropinado

Como não podia deixar de ser, ir a Roma e não ver o Papa é como ir à Austrália e não ver uma das maravilhas do mundo e único ser vivo visível do espaço (se não estou enganado). Claro está que me estou a refirir à grande barreira de coral (The great Barrier Reef). Alugámos um carrão e seguimos para norte até à cidade de 1770, onde o capitão James Cook desembarcou em 1770 e a terrinha ficou com esse estranho nome, City of 1770.

Foto: (J.A.) Ilha de Lady Musgrave - com 0,50m de água uuuiiii

Foto: (J.A.) Ilha de Lady Musgrave

Isto é apenas uma pequena parte das fotos da viagem, pois como devem calcular nem sabia por onde começar para elaborar o post, mas fica prometido uma segunda rodada pois as fotos aqui colocadas foram até +/- metade da viagem.

Foto: (J.A.) Town of 1770 - Trip Mates a beber cerveja local (quatro X)

Foto: (Elena) Noosa, Sunshine Beach - O Dia é que não estava a condizer com a praia ...enfim

CONTINUA.............................................................................

J.Alentejano

3 comments:

miguel vieira da motta said...

Alentejano fotos de miúdas não tens jeito nenhum, se aquilo é o charme da Autralia, uma bife de cor transparente a sair da água, deixa muita a desejar...
Se a Austrália tem boas ondas, o Brasil em especial Itacaré também não tem más ondas, mas uma coisa tem boa monte de pinquinis em asa delta e montes, paletes de girl´s a surfar e na praia com tais piquinis a enfeitarem belas bundas.

he..he...he...
Vão lá surfar pessoal

Botas said...

Ehh Motta,
infelizmente tenho que concordar ctg meu...
Johnny, com tanto especimen de qualidade superior que viste por ca' (e eu nao te mostrei o melhor pois es um homem quase casado) e isso foi o melhor que arranjaste para ilustrar a beleza das mulheres australianas?! Hehe! Pelo menos punhas uma loira, que e' o especimen dominante por estas bandas... Tou a ver que tenho que por um post um dia destes so' com "belezas" da Australia, de outra forma o pessoal fica com uma ideia errada do nivel que ha' por aqui... Haha!

J.Alentejano said...

Não sejam exigentes, isto era só um resumo da viagem, pois claro as melhores não são para meter no blog, mas sim para visualizar em casa e recordar...eheh.
E ainda por cima a rapariga tá de cabelo molhado, acabadinha de sair da água......e com o sol que estava tive de lhe por protector solar.


J.A.